As 5 piores motivações para estudar/ trabalhar em turismo

19.05.2021 | Artigos | 0 comments

Como professora de Turismo, questiono sempre os meus alunos acerca dos motivos que os levaram a escolher os seus cursos.

Maioritariamente por desconhecimento, criam uma expectativa pouco realista, o que os leva no caminho da desilusão.

A investigação é coerente com esta experiência: os profissionais que estão insatisfeitos “achavam que isto era outra coisa”.

Para o clarificar, hoje trago as cinco piores respostas que tenho ouvido ao longo dos anos!

Descarregue a apresentação que se segue e diga-me: lembra-se de mais alguma motivação que não corresponda à realidade?

Partilhe comigo, vou gostar de saber!

Partilhar é cuidar!

Cátia Rodrigues

Cátia Rodrigues

categorias

artigos mais recentes

Sabia que…

Sabia que…

A ilha da Madeira tem um pão próprio? Trata-se do Bolo do Caco. Apesar de ter “bolo” no nome, não é um alimento doce....

Sabia que…

Sabia que…

O Parque Natural Sintra-Cascais é um museu a céu aberto? Com uma área superior a 14 000 hectares, abrange os...

Sabia que…

Sabia que…

A rainha do Fundão é a cereja? A cereja do Fundão é um produto de Indicação Geográfica Protegida. A sua produção é...

Sabia que…

Sabia que…

As amendoeiras existem em Portugal devido a uma linda história de amor? Diz-se que nos tempos em que o Algarve era...

Artigos Relacionados

Desmistificando os motéis

Desmistificando os motéis

Os motéis são um meio de alojamento que surgiu no início do século XX nos Estados Unidos. O objetivo da sua criação foi corresponder a uma necessidade de acomodação por parte dos camionistas que conduziam muitas horas, precisavam de algum conforto...

Continue Reading
Acredite: o contrário do amor não é o ódio!

Acredite: o contrário do amor não é o ódio!

A maior parte das pessoas pensa que o contrário do amor é o ódio. Mas não é. Há algo muito pior, que tem a capacidade de destroçar até o mais forte dos corações. Há tempos descobri o que era “dar o ghost” (nem sei se é bem assim que se diz!)....

Continue Reading
You cannot copy content of this page