Como se tornar um profissional mais confiante

10.10.2022 | Artigos | 0 comments

Um dos grandes dilemas que mais assolam os meus alunos e mentorandos é a falta de autoconfiança. Em si, no seu profissionalismo e nas suas capacidades. De onde vem isto?, perguntar-se-á o caro leitor. É simples, siga-me…

O cérebro humano funciona como um computador, que trabalha à base de programas. Desde a sua infância que o seu cérebro tem vindo a gravar a informação de que não passa de um inútil, cada vez que comete um erro. Como a nossa sociedade não premeia o erro, antes pelo contrário, repudia-o, e somos, frequentemente, ralhados cada vez que cometemos um, então passamos a acreditar e a deixar bem enraizado no nosso inconsciente que somos uns incompetentes, especialmente quando erramos. Aí, só reforçamos essa crença e, voilá, tudo bate certo!

Só que não tem de ser assim. Você pode errar, sabia? Aliás, você deve errar. Não existe um livro sobre como viver a vida e, assim sendo, como saber o que fazer em determinada situação? Pode sempre aprender com os mais velhos e aconselhar-se, mas a verdade é que se trata da sua vida. Ela é única e especial e não há nenhuma regra ou lei sobre como proceder. Terá de refletir, agir e aprender, especialmente, com os erros. Na próxima oportunidade não cometerá os mesmos, apenas outros. E está tudo bem.

Deixo algumas sugestões práticas de como aumentar a sua autoconfiança:

  1. Faça uma lista das suas qualidades, refletindo sobre o assunto; sempre que se lembrar de mais items, faça crescer esta lista; quando se sentir mais em baixo, recorra a esta ferramenta;
  2. Faça uma lista das suas conquistas até aqui; seja detalhista e não se esqueça de nada, até os mais pequenos sucessos contam! Sempre que desesperar, pelo caminho que ainda lhe falta percorrer, para atingir determinado objetivo, pegue nesta lista e encha-se de orgulho por si;
  3. Desconstrua os conceitos de arrogância e egoísmo; muitas vezes pecamos por excesso de humildade, que chega bem pertinho da autohumilhação, por uma questão de cultura e educação; tire essas minhoquinhas da cabeça, essa história de termos que ser uns coitadinhos para sermos os melhores e os maiores está ultrapassada e cheira a mofo, evolua! Você é bom sim, e pode gritá-lo a plenos pulmões, pois se foi você que trabalhou para aqui chegar, qual o mal de reclamar o que é seu por direito?
  4. Domine o medo. Só existem três formas de lidar com o medo: ou paralisa, ou foge ou enfrenta. Se se deixa dominar pelo medo e paralisa ou foge, vai perder oportunidades magníficas. Se forem boas, desfruta delas e aprende. Se forem más, torna-se expert em lidar com a dor e aprende, portanto, só há vantagens em enfrentar o medo, ande lá!
  5. Seja uma pessoa em quem pode confiar. Não parece fazer muito sentido, mas eu explico: se perguntar ao seu melhor amigo se você é uma pessoa de confiança, muito provavelmente, ele vai responder-lhe afirmativamente. Porque quando ele precisa de algo, você está lá. E para si? Você costuma estar lá para si? Costuma cumprir com os objetivos com os quais se compromete? Aquela dieta, aquele ginásio, aquele curso… ou costuma dizer-se uma série de balelas que depois não cumpre? Se faz parte do segundo grupo, então é natural que não confie em si, porque, de facto, tem demonstrado, através das suas atitudes, que não é uma pessoa de confiança. É hora de mudar isso. Como? Começando a comprometer-se com aquilo que realmente está disposto a cumprir e cumprir. Simples!

Lembre-se que a desmotivação só se vence com disciplina. O cansaço com descanso. A desorientação com a rotina. E o caos com a organização. Nada disto cai do céu. Tem que ter fé nas vantagens e encarar como atos de amor-próprio. Arregaçar as mangas. E dar-se ao trabalho.

Espero que consiga ver!

Cátia Rodrigues

Cátia Rodrigues

categorias

artigos mais recentes

Qual é o seu IKIGAI?

Qual é o seu IKIGAI?

Porque sabemos que ter objetivos, e vontade de atingi-los, dá um rumo à vida, é importante fazê-lo com propósito e com...

Sabia que…

Sabia que…

O Palácio de Monserrate faz parte da Rota Europeia de Jardins Históricos? Desde 2020, que as Rotas Culturais do...

Sabia que…

Sabia que…

Em Portugal, as laranjas se produzem todo o ano? É verdade. Devido à grande variedade de laranjas que existem em todo...

Sabia que…

Sabia que…

A grande heroína de Monsanto é uma bezerra? Conta a história que, no tempo dos romanos, Monsanto foi cercado durante...

Artigos Relacionados

Qual é o seu IKIGAI?

Qual é o seu IKIGAI?

Porque sabemos que ter objetivos, e vontade de atingi-los, dá um rumo à vida, é importante fazê-lo com propósito e com sentido. Ikigai é a palavra japonesa que reflecte esse sentido, esse propósito ou essa motivação maior. Se quiser saber mais...

Continue Reading
O Agora é um presente

O Agora é um presente

Há dias, uma mentoranda partilhava comigo que tem 28 anos e sente que ainda não construiu nada. Não tem uma família própria, não é valorizada no trabalho, não tem independência financeira, uma casa ou sequer um periquito e sente-se completamente...

Continue Reading
Corresponder às expectativas? Fácil…

Corresponder às expectativas? Fácil…

Chegar a horas, desempenhar tarefas, ser produtivo, contribuir para um bom ambiente de trabalho e sair à hora certa. É uma rotina interessante e normal para qualquer profissional, certo? Só que não para quem trabalha em Turismo. Trabalhar em...

Continue Reading

Pin It on Pinterest