O que é esse tal de espírito de serviço afinal?

6.06.2022 | Artigos | 0 comments

Muito se fala que, para trabalhar em Turismo, é preciso espírito de serviço. Sabendo que no Turismo concretizamos sonhos, e que os clientes sonham cada vez mais alto, é precisa muita entrega para fazer este trabalho com garra e profissionalismo. Além das competências técnicas, o profissional de Turismo tem que ter, incontestavelmente, espírito de serviço.

Nada de confundir o espírito de serviço com servilismo. Em tempos idos, estes eram serviços onde, de facto, os profissionais eram encarados como “pessoas menores”, se é que os consideravam pessoas sequer. Trabalhar atrás de um balcão ou para o lazer dos outros, era sinónimo de pequenez, mediocridade e insignificância.

Pois é meus caros, os tempos mudaram!

Hoje, para trabalhar em Turismo, são precisos atributos notáveis, altos padrões de qualidade, rigor e excelência. Além de formação adequada aos serviços que vão prestar, as pessoas do Turismo têm que ter em si a entrega e a dedicação de quem não se contenta com a satisfação das necessidades do cliente, mas sim a sua superação. Sempre! Num mercado tão competitivo como este, não há mais espaço para fazer “qualquer coisa” ou um “mais ou menos”.     

Muitos locais existem, onde ainda se continuam a perpetuar culturas empresariais tóxicas e focadas nos números. Pois, se é nesses ambientes que se continua a colocar, tenha a coragem de sair e libertar o que não lhe serve mais. Esses são péssimos exemplos, que em nada dignificam a área e os seus profissionais.

Se quer ser mais e melhor, trabalhar com integridade, honestidade e viver a verdade do Turismo, não há outro caminho senão o do espírito de serviço. O cliente é o nosso verdadeiro patrão. É ele, não o proprietário da sua empresa, que paga ordenados, define as tendências do mercado e mantém a sua empresa de pé. Trabalhe para o seu cliente, entregue-lhe o seu melhor e será sempre feliz!

O espírito de serviço é essa chama que vive acesa dentro de si e que deve ser entregue a quem a merece. Não permita jamais que a apaguem. Sorria e seja feliz a trabalhar em Turismo!   

Cátia Rodrigues

Cátia Rodrigues

categorias

artigos mais recentes

Sabia que…

Sabia que…

Em Portugal, as laranjas se produzem todo o ano? É verdade. Devido à grande variedade de laranjas que existem em todo...

Sabia que…

Sabia que…

A grande heroína de Monsanto é uma bezerra? Conta a história que, no tempo dos romanos, Monsanto foi cercado durante...

Sabia que…

Sabia que…

O casamento entre pessoas do mesmo género é legal desde 2010? O tema vinha a ser discutido há vários anos e, a 8 de...

Artigos Relacionados

O Agora é um presente

O Agora é um presente

Há dias, uma mentoranda partilhava comigo que tem 28 anos e sente que ainda não construiu nada. Não tem uma família própria, não é valorizada no trabalho, não tem independência financeira, uma casa ou sequer um periquito e sente-se completamente...

Continue Reading
Corresponder às expectativas? Fácil…

Corresponder às expectativas? Fácil…

Chegar a horas, desempenhar tarefas, ser produtivo, contribuir para um bom ambiente de trabalho e sair à hora certa. É uma rotina interessante e normal para qualquer profissional, certo? Só que não para quem trabalha em Turismo. Trabalhar em...

Continue Reading
Um veneno chamado comparação

Um veneno chamado comparação

É inegável que vivemos na era da influência. Entre pessoas que fazem disso uma profissão, outras que se usam deste facto para apresentarem uma reclamação e obterem o que querem, ou marcas que se aproveitam disso para trabalhar o seu marketing, a...

Continue Reading

Pin It on Pinterest