REVIVE – um programa com “R”

1.01.2019 | Artigos | 0 comments

Já ouviu falar no programa “Revive”?

Trata-se de um projecto lançado pelo governo, que tem como objetivo a recuperação de espaços histórico-culturais em Portugal, através do investimento privado para desenvolvimento de projetos turísticos, por meio da realização de concursos públicos.

Não é o máximo? Com a quantidade de património histórico-cultural que existe em Portugal, este tipo de programas não só fazem sentido, como são extremamente necessários e úteis.

Sejamos realistas, é muito fácil apontar o dedo, mas é mesmo impossível um governo ter a capacidade de recuperar e manter tantos espaços como os que existem em Portugal e, como tal, esta iniciativa vem colmatar ou, pelo menos, minimizar esta lacuna.

Já tinha pensado nisto? Portugal tem uma das histórias mais antigas do mundo, muito aconteceu por baixo dos seus pés e nem se atreva a escavar, porque vai encontrar mais uma ruína!

A quantidade de monumentos e espaços histórico-culturais é imensa, cada um deles exige um investimento de recuperação/ manutenção elevadíssimo e, por isso, muitos estão ao abandono, o que é, na minha opinião, uma tristeza absoluta!

Através do programa Revive os espaços ganham uma nova vida (mantendo a sua identidade) e ajudam a desenvolver a economia da região e do país. Fabuloso! Este é, sem dúvida, um exemplo do tipo de projetos que precisamos em Portugal, de forma a desenvolver políticas de sustentabilidade turística.

Para quê construir mais? Sempre pensei muito nisto porque adoro os R’s: Reduzir, Reutilizar, Reciclar e, agora, coincidência ou não, temos mais um – o Revive, que se baseia exatamente no mesmo conceito de dar uma nova possibilidade a algo que já se considerava sem qualquer utilidade. Com esta base de atuação todos ganham muito mais e muito melhor!

Se quiser saber mais pormenores acerca deste programa, ou alguns exemplos de intervenções, pode espreitar o seguinte linkhttps://revive.turismodeportugal.pt/

Cátia Rodrigues

Cátia Rodrigues

categorias

artigos mais recentes

Conhecendo a APECATE

Conhecendo a APECATE

A APECATE é uma associação que surge nos anos 2000 para representar as empresas de animação turística e eventos de...

Sabia que…

Sabia que…

A caldeirada de peixe se baseia num cozido? Não assenta num refogado, portanto. Leva diversas variedades de peixe,...

Sabia que…

Sabia que…

O Turismo de saúde e bem-estar é um dos produtos turísticos mais complexos que existem? Abrange vários subprodutos:...

Sabia que…

Sabia que…

Em Portugal, o osso da baleia é usado para artesanato? A pesca à baleia foi muito praticada entre os séculos XVIII e...

Artigos Relacionados

Desmistificando os motéis

Desmistificando os motéis

Os motéis são um meio de alojamento que surgiu no início do século XX nos Estados Unidos. O objetivo da sua criação foi corresponder a uma necessidade de acomodação por parte dos camionistas que conduziam muitas horas, precisavam de algum conforto...

Continue Reading
Acredite: o contrário do amor não é o ódio!

Acredite: o contrário do amor não é o ódio!

A maior parte das pessoas pensa que o contrário do amor é o ódio. Mas não é. Há algo muito pior, que tem a capacidade de destroçar até o mais forte dos corações. Há tempos descobri o que era “dar o ghost” (nem sei se é bem assim que se diz!)....

Continue Reading

Pin It on Pinterest