Sugestão de Auto-Conhecimento n.º48 – Estude sobre o cérebro

25.11.2020 | Sugestão de Auto-Conhecimento | 0 comments

Nunca houve tanta informação como atualmente. Pesquise, leia, estude, então, sobre o cérebro.

Além de ser um tema interessante, pode ser especialmente útil se quer compreender melhor algumas das suas atitudes. Há reações que são menos conscientes ou que têm uma razão específica para acontecer, relacionada com a nossa biologia. Assim, se quer ter domínio sobre as suas ações, irá agir de forma mais sábia, direcionada e objetiva se souber como funciona o cérebro… bom, pelo menos um pouquinho dele, já que é um verdadeiro mundo ainda por explorar.

Se quer ficar realmente apaixonado por este tema, deixo-lhe apenas “um cheirinho” de uma das grandes especialistas em cérebro de sempre:

Ouse conhecer-se melhor e estude sobre o cérebro!

Passe para me contar as aprendizagens e as mudanças que estudar sobre o cérebro lhe trouxe.

Para um processo de auto-conhecimento mais célere e eficiente não hesite em contactar-me, terei o maior gosto em dar-lhe a mão nesta sua caminhada.

Partilhar é cuidar!

Cátia Rodrigues

Cátia Rodrigues

categorias

artigos mais recentes

Sabia que…

Sabia que…

A ilha da Madeira tem um pão próprio? Trata-se do Bolo do Caco. Apesar de ter “bolo” no nome, não é um alimento doce....

Sabia que…

Sabia que…

O Parque Natural Sintra-Cascais é um museu a céu aberto? Com uma área superior a 14 000 hectares, abrange os...

Sabia que…

Sabia que…

A rainha do Fundão é a cereja? A cereja do Fundão é um produto de Indicação Geográfica Protegida. A sua produção é...

Sabia que…

Sabia que…

As amendoeiras existem em Portugal devido a uma linda história de amor? Diz-se que nos tempos em que o Algarve era...

Artigos Relacionados

Sugestão de Auto-Conhecimento n.º53 – Mude

“Eu nasci assim, não tenho culpa!”; “As pessoas não mudam”; “Burro velho não aprende línguas”. Conhece estas expressões? Elas são só desculpas… Se algo não está bem na sua vida, terá que perceber o que é e agir para mudar, porque as mesmas ações de...

Continue Reading
You cannot copy content of this page